Explore 1, Did You Know and more!

Mais de 1,5 milhão de crianças com menos de 5 anos morrem por ano no mundo por problemas relacionados ao fornecimento inadequado da água.

Mais de 1,5 milhão de crianças com menos de 5 anos morrem por ano no mundo por problemas relacionados ao fornecimento inadequado da água.

As três maiores cidades cearenses - Fortaleza, Caucaia e Juazeiro do Norte – têm grandes desafios a vencer no que se refere aos serviços de água tratada, coleta e tratamento de esgotos. Os três municípios fazem parte do novo “Ranking do Saneamento nas 100 Maiores Cidades” publicado pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a com a consultoria GO Associados.  O estudo considera os números oficiais do SNIS - Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico - ano base 2014

As três maiores cidades cearenses - Fortaleza, Caucaia e Juazeiro do Norte – têm grandes desafios a vencer no que se refere aos serviços de água tratada, coleta e tratamento de esgotos. Os três municípios fazem parte do novo “Ranking do Saneamento nas 100 Maiores Cidades” publicado pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a com a consultoria GO Associados. O estudo considera os números oficiais do SNIS - Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico - ano base 2014

5K RUN - The St Louis Citywide Fitness Challenge. |  CDM MIND & BODY HEALTH & WELLNESS EVENT #FitnessChallenge #Fitness #Challenge

Home

5K RUN - The St Louis Citywide Fitness Challenge. | CDM MIND & BODY HEALTH & WELLNESS EVENT #FitnessChallenge #Fitness #Challenge

Florianópolis, SC, tem pouco mais da metade, 55,86%, da população atendida por rede de esgoto. Devido ao baixo índice de coleta e tratamento de esgoto, tanto a população como os turistas evitaram as praias neste verão, temendo contrair doenças transmitidas pela água poluída. Florianópolis ocupa 59ª posição no Ranking de Saneamento do Instituto Trata Brasil. Nas cidades de Blumenau (74º) e Joinville (78º), os porcentuais de tratam tratamento de esgoto estão abaixo da média nacional, que é de…

Florianópolis, SC, tem pouco mais da metade, 55,86%, da população atendida por rede de esgoto. Devido ao baixo índice de coleta e tratamento de esgoto, tanto a população como os turistas evitaram as praias neste verão, temendo contrair doenças transmitidas pela água poluída. Florianópolis ocupa 59ª posição no Ranking de Saneamento do Instituto Trata Brasil. Nas cidades de Blumenau (74º) e Joinville (78º), os porcentuais de tratam tratamento de esgoto estão abaixo da média nacional, que é de…

Investimento em saneamento básico pode trazer benefícios econômicos de até R$ 13,8 bilhões em 30 anos para as cidades fluminenses, mostra estudo do Trata Brasil citado em reportagem no Valor Econômico.

Investimento em saneamento básico pode trazer benefícios econômicos de até R$ 13,8 bilhões em 30 anos para as cidades fluminenses, mostra estudo do Trata Brasil citado em reportagem no Valor Econômico.

Apesar dos grandes desafios do saneamento básico em Pernambuco, um ponto positivo é o projeto de Parceria Público-Privada em água e esgotos do País no estado, o maior do País, avaliado em R$ 4,5 bilhões. A PPP, segundo informações dos envolvidos e na imprensa local, abrange todos os 14 municípios da RMR (Região Metropolitana do Recife) e a cidade de Goiana, tendo como destaque na região metropolitana o Programa Cidade Saneada. Há perspectivas de avanços significativos nos próximos anos.

Apesar dos grandes desafios do saneamento básico em Pernambuco, um ponto positivo é o projeto de Parceria Público-Privada em água e esgotos do País no estado, o maior do País, avaliado em R$ 4,5 bilhões. A PPP, segundo informações dos envolvidos e na imprensa local, abrange todos os 14 municípios da RMR (Região Metropolitana do Recife) e a cidade de Goiana, tendo como destaque na região metropolitana o Programa Cidade Saneada. Há perspectivas de avanços significativos nos próximos anos.

Na cidade do Guarujá, 49,4% da população (mais de 150 mil pessoas) reside em ocupações irregulares e favelas que se espalham por 54 assentamentos.  Enquanto o serviço de água tratada alcança a maior parte desses moradores, seja de forma regular ou clandestina, uma parcela muito pequena da população dessas áreas (2,6%) tem acesso simultâneo ao abastecimento de água e à coleta de esgotos. Em todas as comunidades há ligações clandestinas de água.

Na cidade do Guarujá, 49,4% da população (mais de 150 mil pessoas) reside em ocupações irregulares e favelas que se espalham por 54 assentamentos. Enquanto o serviço de água tratada alcança a maior parte desses moradores, seja de forma regular ou clandestina, uma parcela muito pequena da população dessas áreas (2,6%) tem acesso simultâneo ao abastecimento de água e à coleta de esgotos. Em todas as comunidades há ligações clandestinas de água.

Em Pernambuco, a capital, Recife, e as cidades de Paulista, Jaboatão dos Guararapes e Olinda possuem cerca de 740 mil pessoas residindo em 269 áreas irregulares, o que representa 24,5% da população total estimada em 2015 para os quatro municípios (3.015.529 habitantes), de acordo com estudo “Saneamento em Áreas Irregulares no Estado de São Paulo”, do Instituto Trata Brasil.

Em Pernambuco, a capital, Recife, e as cidades de Paulista, Jaboatão dos Guararapes e Olinda possuem cerca de 740 mil pessoas residindo em 269 áreas irregulares, o que representa 24,5% da população total estimada em 2015 para os quatro municípios (3.015.529 habitantes), de acordo com estudo “Saneamento em Áreas Irregulares no Estado de São Paulo”, do Instituto Trata Brasil.

Pinterest
Search